DISCIPULADO E MATURIDADE CRISTÃ – EDILBERTO PEREIRA LUZ (1)

 

O DISCÍPULO E O FRUTO DO ESPÍRITO

Gálatas 5.22,23

 

A nossa vida deve ser uma imitação da vida de Jesus Cristo.

Quando nos identificamos com Jesus Cristo, através do batismo, estamos dizendo que, de agora em diante, viveremos como Ele viveu. Esta é a vontade de Deus para cada um de nós. Continuar lendo “DISCIPULADO E MATURIDADE CRISTÃ – EDILBERTO PEREIRA LUZ (1)”

Anúncios

CHAMADOS PARA SER DISCÍPULOS – EDILBERTO PEREIRA LUZ (4)

CAPíTULO 3 – A DESCRIÇÃO DE UM HOMEM OU MULHER SEGUNDO O CORAçÃO DE DEUS

No Salmo 34.1,4 vamos encontrar a descrição de um homem segundo o coração de Deus. Vamos observar cada ítem desta definição para entendermos o que Deus espera de alguém que assume ser um homem ou uma mulher de Deus. Continuar lendo “CHAMADOS PARA SER DISCÍPULOS – EDILBERTO PEREIRA LUZ (4)”

CHAMADOS PARA SER DISCIPULOS – EDILBERTO PEREIRA LUZ (2)

CAPÍTULO 1 –  PERMANECER NELE

 João 15. 4,7

4 “Permanecei em mim, e eu permanecerei em vós; como a vara de si mesma não pode dar fruto, se não permanecer na videira, assim também vós, se não permanecerdes em mim”.

7 “Se vós permanecerdes em mim, e as minhas palavras permanecerem em vós, pedi o que quiserdes, e vos será feito”. Continuar lendo “CHAMADOS PARA SER DISCIPULOS – EDILBERTO PEREIRA LUZ (2)”

CHAMADOS PARA SER DISCÍPULOS – EDILBERTO PEREIRA LUZ (1)

INTRODUÇÃO

Qualquer pessoa que pretenda ser um discípulo de Jesus deveria estar experimentando a realidade de 1 João 2.6 “…aquele que diz que permanece nEle deve andar como Ele andou”. Este texto nos fala sobre duas condições imprescindíveis para o discípulo de Jesus: permanecer nEle e andar como Ele andou. Hoje em dia muitas pessoas afirmam que tem comunhão com Jesus. Chegam a dizer até com um certo orgulho: “Deus está comigo”. Outras pessoas dizem: “Eu tenho comunhão com Deus, mas é do meu jeito”. Eu confesso a você que sinto pensa destas pessoas pois sei o quão enganadas elas estão. Não podemos ter comunhão  comunhão com Deus e viver uma vida de pecados. Eu louvo a Deus por ter aprendido logo cedo, na minha vida cristã que Deus estabeleceu regras para desenvolvermos nossa comunhão. Não se trata de legalismo, mas de princípios que Deus estabeleceu e que devem ser obedecidos se queremos ter uma profunda comunhão com Ele e chegarmos ao ponto de dizer que temos intimidade com Ele. Neste estudo eu quero compartilhar com você alguns deste princípios que devem ser orientadores para desenvolvermos o nosso chamado para sermos discípulos de Jesus.  Continuar lendo “CHAMADOS PARA SER DISCÍPULOS – EDILBERTO PEREIRA LUZ (1)”

3 maneiras pelas quais o evangelho muda o casamento – Erik Raymond.

Casuarinas Casamento Ana e Felippe

Pelas Escrituras, nós sabemos que um casamento cristão nunca é simplesmente uma união de duas pessoas, mas duas pessoas unidas em Jesus Cristo. Esta é outra maneira de dizer que Jesus é a nossa cabeça, o Senhor e o que concede vida ao nosso casamento. Quando um homem e uma mulher abraçam a verdade do evangelho, seja na conversão ou na santificação, sempre há mudanças correspondentes relacionadas a Jesus ser o cabeça do casamento. Abaixo estão três das mudanças mais comuns que Cristo opera em um casamento enquanto o governa por meio do evangelho. Continuar lendo “3 maneiras pelas quais o evangelho muda o casamento – Erik Raymond.”

7 atitudes que não deixam sua vida espiritual ser fervorosa – André Sanches-

 

estimular-sua-vida-espiritual

Vidas espirituais vazias, às vezes até mesmo inexistentes. Ou também vidas espirituais de fachada. Essa é a realidade de muitas pessoas. Isso acontece porque ter uma vida espiritual madura, firme e fervorosa não é algo fácil. Exige muito de nós. Exige dedicação e atitudes firmes e cheias de propósito. Com o objetivo de ajudar os irmãos e irmãs que têm sentido suas vidas espirituais vazias e estagnadas, levantamos sete atitudes que não deixam sua vida espiritual ser fervorosa. Mude essas atitudes e terá uma vida espiritual fervorosa e abençoada na presença de Deus. Continuar lendo “7 atitudes que não deixam sua vida espiritual ser fervorosa – André Sanches-“