PORQUE AS CRIANÇAS PRECISAM DE LIMITES – PARTE 1

A maioria de nós educamos nossos filhos sem pensar no futuro. Normalmente procuramos resolver os problemas mais imediatos. Mas um dos objetivos dos pais na criação dos filhos é pensar no futuro. Criamos nossos filhos para que sejam adultos responsáveis.

Os pais interagem com os filhos de forma natural. Cada pessoa tem um jeito próprio de criar filhos. Há os que permanecem distantes e preferem não se envolver. Eles não mexem no quarto do filho. Já as pessoas mais rígidas infligem castigos severos por pequenos deslizes, por exemplo, uma cama mal- arrumada.

Sem dúvida, a criação dos filhos requer vários tipos de intervenção. Há hora para ajudar, para não se envolver e para ser rígido. Mas a questão é: você faz as coisas intencionalmente? Ou age sem pensar, movido pela sua própria personalidade, criação, pela necessidade do momento ou por receio de algo?

Lembre-se: a criação dos filhos não se limita ao momento presente. Você está preparando seu filho para o futuro? O caráter de uma pessoa é o que determina o seu destino.

O caráter determina, em grande parte, como uma pessoa vai ser na vida. O sucesso no campo amoroso e no profissional depende de sua força interior. Em um mundo que vive dando desculpas pelo mau comportamento dos outros, só nos resta perguntar porque não damos certo na vida. A maioria dos nossos problemas é resultado de nossas fraquezas de caráter.  Se tivermos força venceremos, mesmo em circunstâncias adversas. Mas se não tivermos, estacionaremos ou fracassaremos. Se um relacionamento necessitar de compreensão e perdão e não tivermos força de caráter, ele não sobreviverá. Se, numa fase difícil do trabalho que exija paciência e autocontrole, não soubermos nos comportar, certamente fracassaremos. O caráter é quase tudo.

A palavra caráter tem um significado diferente para cada pessoa. Caráter pode significar comportamento moral ou integridade. Usamos a palavra para descrever toda a constituição de uma pessoa, seu jeito de ser. O caráter refere-se à capacidade e à incapacidade de uma pessoa, ao seu comportamento diante dos relacionamentos e à sua maneira de pensar. O que ela faz em certas situações e como ela faz? Quando ela precisa agir, como realiza suas obrigações? Ela sabe amar? Sabe ser responsável? Sabe resolver problemas? Sabe lidar com o fracasso? Como personaliza a imagem de Deus? Estas são algumas questões que definem o caráter.

Se o desenvolvimento do caráter de uma pessoa pode determinar o seu futuro, então a criação dos filhos resume-se basicamente em ajudar a criança a desenvolver um caráter que lhe permita viver com segurança, respaldo, satisfação e de forma proveitosa. Os pais e todos os que lidam com crianças deveriam ter isso em mente. Um dos grandes objetivos na criação dos filhos é ajudá-los a desenvolver um caráter que lhes garanta um bom futuro.

O futuro é agora. Todo pai ajuda a criar o caráter do filho. Os hábitos que as crianças aprenderam no início da vida (seu caráter) vão repetir mais tarde. E o caráter sempre se forma no relacionamento. Não podemos subestimar seu papel na formação do caráter. Em Provérbios está escrito: “Instruí o menino no caminho em que deve andar, e até quando envelhecer não se desviará dele” (Pv 22.6)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s