CHAMADOS PARA SER DISCIPULOS – EDILBERTO PEREIRA LUZ (3)

CAPITULO 2

O SEGREDO PARA VIVER UM CRISTIANISMO GENUÍNO

“O essencial no viver cristão não é o lugar para onde você vai, nem aquilo que você está fazendo, mas, sim, na força de quem você está vivendo”. (George Werwer)

Acredito que todos os cristãos tem o desejo de viver como Jesus viveu. Porém, sabemos que não é fácil. Eu diria que é impossível desenvolver este estilo de vida em nossa própria força. Precisamos que o próprio Jesus venha viver seu estilo de vida em nós. Isso é viver pela graça. A Bíblia nos ensina que podemos colaborar com a graça de Deus. Em Atos 20.19,20 Paulo nos orienta com seu testemunho acerca de como devemos servir a Deus.

“…9 servindo ao Senhor com toda a humildade, e com lágrimas e provações que pelas ciladas dos judeus me sobrevieram;20 como não me esquivei de vos anunciar coisa alguma que útil seja, ensinando-vos publicamente e de casa em casa,…”

Devemos servir a Deus com toda a humildade – Servir a Cristo envolve um profundo sentimento de humildade. Jesus deixou claro que no Reino de Deus o maior é o que serve (Marcos 10.43,44). Ele também enfatizou que o serviço humilde nos transforma em imitadores dEle (Jo 13.14). Em Gálatas 6. 2,10 Paulo nos mostra que, quando levamos as cargas de nossos irmãos estamos cumprindo a lei de Cristo. Não podemos perder as oportunidades que temos de servir a todos, principalmente os nossos irmãos na fé.

Devemos servir a Cristo com lágrimas – Isto não significa que servir a Cristo é sofrer o tempo todo. Mas precisamos saber que, ao decidirmos servir a Cristo, seremos perseguidos (2Timoteo 3.12). Satanás levantará opositores. Muitas vezes, será com lágrimas que vamos levar a obra avante. Paulo sofreu perseguições (2Timoteo 3.10,11). Por amor dos gentios ele se tornou prisioneiro de Cristo Jesus (Efésios 3.1). Sua vida foi totalmente dedicada ao propósito de levar o Evangelho de salvação aos gentios. Ele não era apenas um simples prisioneiro no Senhor (Ef 4.1), mas se tornou um embaixador do Evangelho em cadeias, ou seja, na prisão (Efésios 6.20). Dentro da prisão ele se tornou uma poderosa testemunha de Cristo (Felipenses 1.13). Seu testemunho mais veemente é que por causa do Evangelho é que se encontrava em cadeias (Filipenses 4.3). Mesmo que seja com lágrimas não podemos deixar de servir ao Senhor em qualquer situação. Mesmo preso Paulo se deixou usar pelo Senhor, sendo capaz de levar ao evangelho para toda a guarda pretoriana.

Devemos servir a Cristo com privações – Isto não significa que, para servir a Cristo devemos ser pobres e miseráveis. Esta característica do ministério de Paulo dá a entender que ele desenvolveu um alto índice de paciência e fortaleza que o levou a continuar realizando a obra a despeito das tentações no sentido de tudo abandonar por causa das perseguições dos judeus (Colossenses 1.24; 1Tessalonicenses 2.14,16).

Devemos servir a Cristo anunciando sempre a Palavra de Deus – Para anunciar a Palavra, devemos conhecer bem a Palavra. Paulo enfatiza que no decurso de tudo, não deixara de ensinar qualquer coisa que fosse proveitosa para seus ouvintes (v.27), embora nem sempre fosse aceita (Gálatas 4.16; 2Corintios 4.2).

Devemos servir a Cristo anunciando a Palavra de todas as formas possíveis – O ministério de Paulo era realizado publicamente em reuniões (Por exemplo na Escola de Tirano) e também de casa em casa (Romanos 16.5; Colossenses 4.15; Filemon 2). A Palavra deve ser ensinada a qualquer preço e de qualquer forma possível. Se queremos servir a Jesus devemos estar sempre prontos para ensinar a Palavra., em qualquer situação em que estivermos inseridos.

O discipulado é, antes de tudo, uma questão de coração. Os nossos corações precisam experimentar uma profunda fome e anseio por Deus.

A marca genuína de um discípulo é fome de Deus. O que fazemos para Deus não prova que somos discípulos. A marca de um verdadeiro discípulo é a fome de conhecer a Deus e a Sua justiça.

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s