AS QUATRO LEIS DA MULTIPLICAÇÃO FINANCEIRA – Arão Henrique Xavier (1)

Foto0007
É TEMPO DE AVIVAMENTO
  1.     O PRINCIPIO DA SEMENTE

 

A)   O Fator Humano – Entenda que Deus fez o homem para agir através dele neste mundo – Salmo 115:16b.

Gênesis 26:12 – Você já analisou com cuidado esta passagem bíblica? Isaque semeou e colheu cem vezes mais. Você quer esta medida de Isaque sobre a sua vida? Então declare para você mesmo: “Eu sou uma pessoa próspera e vou provar da medida de Isaque”.

          É um dado impressionante, uma perspectiva que esbarra, primeiro, no fator humano: como crer que isso possa acontecer?

É uma questão de praticar ou não os princípios apresentados de multiplicação financeira.

A grande maioria das pessoas possuí uma visão bastante mística e fantasiosa acerca de prosperidade ou de crescimento na área financeira.

Esta visão ingênua consiste em crer que a solução para os problemas está em ganhar um prêmio na loteria, ou alguma promoção, concurso, rifa. É impressionante este pensamento dependência de uma solução mágica, infantil que caracteriza o ser humano diante de um desafio real!

Não é assim que se processam as coisas na dimensão espiritual que governa as nossas vidas. Não são as leis do acaso, da sorte, ou da magia que selam nosso destino financeiro. Há leis de multiplicação, sim, e o primeiro fator a ser considerado é você, a pessoa humana que irá manusear os princípios.

Deus é um Deus do impossível, e Ele pode fazer algumas coisas sobrenaturais na nossa vida, mas isso nada tem a ver com um jogo de sorte. Deus pode, sim, mudar a nossa sorte do dia para a noite porque Ele é Deus. Mas esse não é, via de regra, o caminho revelado por Ele na Sua Palavra: existe um percurso entre a promessa e o apropriar-se da benção prometida; entre você receber uma promessa, ter uma visão daquilo que quer alcançar, e tocar no que deseja, mas nada que esteja relacionado com misticismo de qualquer espécie.

Uma das coisas que a maior parte das pessoas não consegue entender é que deve respeitar as leis da multiplicação financeira. Talvez até saibam dessas verdades, porém, no dia a dia, não conseguem viver a prática destes princípios, pois o primeiro obstáculo a superar é o fator humano, com todos os seus conceitos e preconceitos arraigados.

B)   O Fator Espiritual – Entenda que Deus governa este mundo, apesar da ação do mal na vida do homem.

2Co 9:10 – Deus nos dá duas coisas: pão para alimento e semente para semear. E, sabe qual é o grande problema que leva as pessoas à destruição financeira? A dificuldade em reconhecer dois problemas básicos, como segue.

  • Em primeiro lugar, perecem por falta de conhecimento, por falta de leitura da Bíblia – pois aí está o ensinamento explícito do princípio de Deus quanto à provisão material básica e também da multiplicação financeira em nossas vidas.
  • Em segundo lugar, as pessoas desobedecem ao princípio, pois a grande maioria, conhecendo o que Deus nos ensina a fazer, comem tanto o pão quanto a semente, não tem o que plantar. Deus estabeleceu que a semente deve ser plantada, e este é o único princípio de causa e efeito que irá produzir a futura frutificação.

Em Malaquias 3:7 reconhecemos que a lei da semeadura é para quebrar a maldição da terra, introduzida pelo pecado de Adão. O profeta, logo após exortar o povo acerca de seus pecados e de seus antepassados, passa a falar de dízimos e ofertas – atos visíveis no mundo natural, mas que regulam a Lei Espiritual de Semeadura.

Dízimo e oferta, incluindo primícias, são as sementes que plantamos na terra (ato natural) e que colhemos dos céus os benefícios ( ator espiritual).

Este é o fator espiritual: A Lei da Semeadura resgata o domínio perdido pelo homem sobre os fatores que impedem a multiplicação financeira.

Um povo dizimista e ofertante a Deus é um povo feliz, equilibrado, uma terra deleitosa, um lugar cuja fertilidade e produtividade é fato reconhecido por todos.

1Co 15:45-49 – Não podemos compreender as coisas espirituais, se não contemplarmos nas coisas visíveis. Como compreender Deus, o Pai, se não contemplarmos primeiro o filho? (Jo 14:9).

Anúncios

2 comentários sobre “AS QUATRO LEIS DA MULTIPLICAÇÃO FINANCEIRA – Arão Henrique Xavier (1)

  1. Bom dia
    Adorei o email e achei que a informação corresponde a mais pura verdade. Mas uma questão:
    1. Ha tanta gente neste mundo mendigando nas ruas. se elas quiserem ter uma bênção financeira, o que poderão semear se nem a semente tem?

    Obrigado

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s